O fundo Jornalismo Investigativo para a Europa (IJ4EU) lançou hoje, 1 de Junho, duas novas convocatórias para a apresentação de projetos de jornalismo de investigação transnacional na União Europeia (UE).

A convocatória relativa ao Investigation Support Scheme do IJ4EU fará doações entre €5.000 e € 50.000 para equipas transnacionais que incluam pelo menos um meio de comunicação noticioso ou uma organização de jornalismo investigativo, ou um membro da equipa dos mesmos.

O prazo final para a entrega de candidaturas é 14 de Julho às 23:59 CET (22:59 hora de Lisboa). Uma segunda oportunidade para apresentar candidaturas sob esta convocatória (Investigation Support Scheme) está prevista para Agosto 2021. Para mais detalhes, veja a página “full information” e “frequently asked questions”.

Em paralelo, o novo Freelancer Support Scheme do IJ4EU fará doações até € 20,000 para equipas transnacionais compostas exclusivamente por jornalistas freelancer. Este esquema também disponibilizará oportunidades para formação, mentoria e networking. O prazo final para a entrega de candidaturas também será 14 de Julho às 23:59 CET (22:59 hora de Lisboa). Esta convocatória oferecerá apenas uma oportunidade para apresentar candidaturas em 2021. Para mais detalhes, veja a página “full information” e FAQs.

No total, o fundo IJ4EU disponibilizará € 1.1 milhões em doações diretas para apoiar o jornalismo de investigação transnacional de interesse público em 2021. Aproximadamente € 835.000 serão distribuídos através da convocatória “Investigation Support Scheme” e € 265.000 através da convocatória “Freelancer Support Scheme”. (Leia mais sobre o fundo IJ4EU e as razões que nos levam a apoiar o jornalismo de investigação.) As doações são uma continuação do sucesso do ano piloto do IJ4EU em 2018, que financiou 12 investigações transnacionais, e de uma segunda edição em 2020, que financiou 49 investigações.

Veja as investigações financiadas anteriormente na nossa secção de projetos.

Os critérios de elegibilidade geográfica são os mesmos para as duas convocatórias. As candidaturas devem ser submetidas por equipas com membros baseadas em pelo menos dois estados-membros da UE ou em pelo menos um estado-membro da UE e o Reino Unido (jornalistas sediados no Reino Unido serão elegíveis para as doações do IJ4EU em 2021).

Projetos submetidos por jornalistas baseados em países candidatos oficiais à UE e países terceiros também serão bem-vindos, desde que incluam uma parceria com colegas baseados em pelo menos dois estados-membros da UE.

Os projetos devem debruçar-se sobre tópicos de relevância transnacional. Todos os temas de investigação serão consideradas.

O Freelancer Support Scheme é limitado a equipas compostas exclusivamente por freelancers. O Investigation Support Scheme está aberto a equipas de qualquer configuração, incluindo equipas híbridas compostas por jornalistas empregados e freelancers, desde que incluam pelo menos uma redação na investigação.

Equipas que trabalham em todos os tipos de média serão consideradas – incluindo imprensa, televisão, rádio, meios digitais, produção de documentários e narrativa em múltiplas plataformas. Os projetos devem ter como objetivo a publicação em meios de comunicação de pelo menos dois países.

As doações do IJ4EU podem ser usadas para cobrir quase todos os tipos de custo necessário para a produção de conteúdo jornalístico. Isso inclui custos salariais e de recursos humanos para jornalistas empregados e jornalistas freelancers, custos de pesquisa, tradução e custos administrativos.

As doações sob as duas convocatórias serão concedidas por um júri independente composto por um grupo de editores seniores, jornalistas investigativos e peritos em jornalismo. Leia mais sobre o processo de seleção e os critérios.

Detalhes completos sobre as duas convocatórias e como apresentar uma candidatura, bem como informação sobre projetos financiados no passado, podem ser encontrados no site do IJ4EU. Leia na página perguntas e respostas frequentes (FAQs) sobre como preparar uma candidatura.

O fundo IJ4EU está comprometido em apoiar reportagens investigativas num momento crucial e desafiador para o jornalismo e os média. O jornalismo de investigação continua tão importante como sempre durante a atual situação de saúde pública.

Sobre o IJ4EU

O IJ4EU (Investigative Journalism for Europe) é um fundo para apoiar o jornalismo de investigação transnacional. Nós fazemos doações a equipas de jornalistas que investigam temas de interesse público na Europa.

O fundo IJ4EU é administrado por um consórcio de três organizações: o International Press Institute (IPI), o European Journalism Centre (EJC) e o European Centre for Press and Media Freedom (ECPMF). O IPI lidera o consórcio e gere o Investigation Support Scheme. O EJC gere a convocatória Freelancer Support Scheme. O ECPMF organiza um prémio para jornalismo de investigação transnacional e a conferência anual #UNCOVERED. O ECPMF também administra um fundo de contingência para questões legais dos projetos selecionados.

O programa IJ4EU é financiado como uma Ação Preparatória pela Comissão Europeia (DG Connect). Em 2020, o programa recebeu suporte adicional da Open Society Foundation, Fritt Ord, Luminate e da Cidade de Leipzig. O programa mantém total independência dos doadores na seleção de projetos e garante estritamente a independência editorial de todos os beneficiários.

Perguntas?

Incentivamos os candidatos interessados ​​a visitar o site da IJ4EU e a nossa página de perguntas frequentes (FAQ) sobre a candidatura. Caso ainda tenha dúvidas, sinta-se à vontade para entrar em contacto conosco.

Contactos:

Perguntas gerais / perguntas relacionadas ao Investigation Support Scheme: Timothy Large, IJ4EU programme coordinator no IPI (tlarge@ipi.media) 

Perguntas relacionadas ao Freelancer Support Scheme: Zlatina Siderova, EJC project manager (siderova@ejc.net).